top of page

Agentes Biológicos e Melhoria do Solo



As dificuldades de lidar com problemas causados às lavouras, sejam doenças, ou lesões por fungos e pragas, são constates no meio agrícola. Nos últimos anos, os produtos biológicos têm se mostrado uma alternativa promissora no controle de doenças e na melhoria da qualidade do solo. Apresentando baixo custo e eficiência, estes produtos permitem a redução de impactos ambientais e à saúde humana e garantem a efetividade da produção. Um artigo recente publicado no site VG Notícias discute os benefícios desses produtos e apresenta evidências de seu potencial.


De acordo com o artigo, os produtos biológicos são desenvolvidos a partir de organismos vivos, como bactérias, fungos e nematoides benéficos. Diferentemente dos agroquímicos convencionais, eles agem de forma sustentável, promovendo uma agricultura mais equilibrada e amigável ao meio ambiente.

Um dos principais benefícios dos produtos biológicos é o controle de doenças. Eles podem atuar de várias maneiras, como competindo por nutrientes e espaço com organismos patogênicos, produzindo substâncias antimicrobianas e estimulando a resistência das plantas. Dessa forma, reduzem a incidência de doenças e a dependência de pesticidas químicos, contribuindo para uma produção agrícola mais saudável.

Além disso, os produtos biológicos também desempenham um papel fundamental na melhoria da qualidade do solo. Eles podem ajudar a aumentar a fertilidade, estimular a atividade microbiana benéfica, melhorar a estrutura do solo e aumentar sua capacidade de retenção de água. Esses efeitos são especialmente importantes em solos degradados, contribuindo para a recuperação de áreas afetadas. Como resultado, ocorre uma significativa melhora na qualidade do solo a longo prazo.

O artigo destaca ainda que os produtos biológicos têm sido amplamente utilizados em diferentes culturas, como grãos, frutas, hortaliças e plantações florestais. Seu uso tem se mostrado eficaz em diversos contextos, auxiliando os agricultores a alcançar melhores resultados produtivos de forma sustentável. Outras aplicações que podem ser citadas são a eficiência contra mofo branco, raízes que sofrem de murcha ou podridão e parasitas.

Existem inúmeros produtos com diversas aplicações, que podem ser vistas no Catálogo Nacional de Bioinsumos do MAPA, onde os bioinsumos são estudados e verificados para testes de eficiência, segurança e qualidade. Desse modo, o produtor pode garantir a redução da poluição e contaminação por tóxicos e manter a produtividade da lavoura. No entanto, é importante ressaltar que o uso de produtos biológicos não deve ser encarado como uma solução isolada. Eles devem ser integrados a um manejo agrícola adequado, considerando aspectos como rotação de culturas, adubação equilibrada e práticas de conservação do solo.

Em conclusão, os produtos biológicos têm se mostrado uma opção promissora no controle de doenças e na melhoria da qualidade do solo. Sua utilização contribui para uma agricultura mais sustentável e menos dependente de agroquímicos. A pesquisa e a adoção desses produtos devem ser incentivadas, visando o desenvolvimento de práticas agrícolas mais saudáveis e ecologicamente conscientes.

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page